A videochamada é um importante recurso na humanização do tratamento

Com as visitas presenciais suspensas devido a pandemia, o Hospital Unimed Birigui aproxima paciente e família através de videochamada.
Publicado em 18/08/2020

Estar dentro de um hospital não é nada fácil, ainda mais sem a família ou amigos por perto. 

Com a suspensão das visitas devido a pandemia desde de Março e a necessidade de isolamento, nos casos suspeitos e confirmados do Covid-19, o silêncio nos corredores e falta de um acompanhante, torna o tratamento mais desgastante e ainda deixa a família aflita em casa.

Para aproximar o paciente dos seus familiares e levar informações do estado de saúde clínico, o Hospital Unimed Birigui realiza videochamadas coordenadas por médico, assistente social e enfermeiro.

Na ala clínica, as ligações são realizadas para o celular da família, onde o médico informa o boletim clínico do paciente e a assistente social acompanha a conversa dando todo o suporte e apoio.

Já na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), os familiares conversam primeiramente com o médico intensivista e depois a assistente social coordena a videochamada. Apesar de muitas vezes o paciente encontrar-se intubado e/ou sedado, o momento é de muita emoção, pois os familiares conversam e transmitem todo o apoio necessário ao ente querido.


Autor: Laís Saquetine Tibério

Compartilhe

Comentários

Subir
Enviando formulário...
Aceite